Benefícios para a saúde do açafrão

Cúrcuma, é saudável? Tudo que você precisa saber sobre açafrão ...

A cúrcuma é saudável? Claro que sim! A cúrcuma é uma das especiarias mais saudáveis que existem e também ajuda na perda de peso. Neste artigo, você pode ler tudo o que precisa saber sobre o açafrão.

A cúrcuma também é conhecida como cúrcuma devido à cor que confere aos pratos. A cor amarela vem da substância curcumina, que é exatamente o que torna o açafrão tão saudável.

 

O que é cúrcuma?

A cúrcuma é uma especiaria produzida a partir da raiz da planta Curcuma longa. A cúrcuma é criada fervendo as raízes desta planta e depois secando e moendo.

A cúrcuma também é conhecida como cúrcuma ou cúrcuma. É amplamente utilizado na culinária indiana (especialmente no curry) e tem um sabor amargo suave. A cúrcuma é um componente sólido do curry em pó, conferindo-lhe sabor e cor amarela.

A substância ativa que dá a cúrcuma sua cor amarela é chamada curcumina. É essa substância que torna o açafrão-da-índia saudável. A cúrcuma tem sido usada como tempero medicinal na Ásia há milhares de anos. A cúrcuma tem muitos benefícios para a saúde!

 

Por que a cúrcuma é saudável

A pesquisa mostra que a curcumina se liga a metais tóxicos e tem um efeito antiinflamatório. A curcumina também é um forte antioxidante que captura e neutraliza os radicais livres (partículas patogênicas). Isso traz todos os tipos de benefícios para a saúde.

Abaixo estão os 11 benefícios de saúde mais poderosos que você pode obter comendo açafrão regularmente.

 

Benefícios da cúrcuma

1. Cúrcuma é antiinflamatório

Todos os dias, seu corpo tem que lidar com pequenos invasores e possíveis infecções. Cabe ao seu corpo se defender disso. Se essa defesa estiver enfraquecida (por exemplo, devido ao estresse ou a uma dieta não saudável), pequenas inflamações podem se desenvolver em seu corpo. Você não notará isso até que eles se tornem crônicos. A inflamação crônica desempenha um papel importante no desenvolvimento de doenças cardíacas, câncer, Alzheimer e MS.

A pesquisa mostra que a curcumina no açafrão tem um poderoso efeito antiinflamatório. Em alguns casos, funciona ainda melhor do que um medicamento antiinflamatório.

O efeito antioxidante da curcumina é muito forte: pesquisas em animais mostram até que o antioxidante curcumina tem um efeito desintoxicante no envenenamento por mercúrio.

Bônus: o açafrão também ajuda você a ter uma pele uniforme e sem inflamação dessa forma.

 

2. Pesquisa de câncer

Há indícios de que a substância curcumina na cúrcuma tem um efeito inibitório no desenvolvimento de células cancerosas. Pesquisas em ratos, por exemplo, mostram que a curcumina pode neutralizar parcialmente os danos às células do fígado, rins e cérebro e, assim, prevenir o câncer nesses órgãos.

O Fundo Nacional contra o Câncer está subsidiando dois estudos com cúrcuma no AMC. A cúrcuma pode desempenhar um papel na redução das células cancerosas para que não se desenvolvam em um tumor.

Mas cuidado: o uso de açafrão não garante de forma alguma que possa prevenir ou prevenir o câncer. Muito mais pesquisas são necessárias para confirmar esse efeito. Também não é conveniente usar açafrão ao usar certos medicamentos contra o câncer. A cúrcuma (como outras especiarias e ervas) pode interagir com medicamentos, o que pode inibir a ação da droga. Em caso de dúvida, consulte sempre o seu médico.

 

3. A cúrcuma é um analgésico natural (bom para reumatismo e osteoartrite)

A cúrcuma tem sido usada na Ásia há séculos como um analgésico natural. Também foi comprovado que a cúrcuma pode aliviar a dor do reumatismo e da osteoartrite, às vezes até melhor do que a medicação analgésica.

Estudos em humanos mostram que um suplemento de curcumina é mais eficaz contra a dor do que o medicamento diclofenaco [6]. Isso é muito benéfico, porque os medicamentos para aliviar a dor podem causar efeitos colaterais graves, enquanto a substância natural curcumina não faz mal ao corpo.

A cúrcuma é, portanto, um bom remédio para quem deseja ter menos dor de forma saudável.

Cúrcuma pode ajudar a prevenir Alzheimer
Também conhecida como demência, o Alzheimer é uma doença debilitante para muitas famílias. A cúrcuma pode ajudar a prevenir o Alzheimer.

A cúrcuma também é boa para o cérebro. A cúrcuma (ou açafrão) garante que sua memória melhore e você se lembre das coisas melhor. Comer cúrcuma regularmente também pode prevenir Alzheimer e Parkinson.

O Alzheimer ocorre porque certas proteínas (como a proteína tau) do cérebro se aglomeram, causando a morte das células cerebrais. Estudos em ratos indicam que a curcumina pode evitar que a proteína tau se aglomere. Isso mantém o cérebro saudável.

 

4. O turmeric pode ajudar a prevenir Alzheimer

Também conhecida como demência, o Alzheimer é uma doença debilitante para muitas famílias. A cúrcuma pode ajudar a prevenir o Alzheimer.

A cúrcuma também é boa para o cérebro. A cúrcuma (ou açafrão) garante que sua memória melhore e você se lembre das coisas melhor. Comer cúrcuma regularmente também pode prevenir Alzheimer e Parkinson.

O Alzheimer ocorre porque certas proteínas (como a proteína tau) do cérebro se aglomeram, causando a morte das células cerebrais. Estudos em ratos indicam que a curcumina pode evitar que a proteína tau se aglomere. Isso mantém o cérebro saudável.

 

5. Turmeric reduz o colesterol ruim

A cúrcuma também é saudável para os vasos sanguíneos. A cúrcuma reduz o colesterol ruim no sangue, o que evita ataques cardíacos e danos aos vasos sanguíneos.

Pesquisas em humanos mostraram que uma grande melhora no colesterol já ocorre após uma semana. Os participantes deste estudo tomaram um suplemento de açafrão todos os dias. Após sete dias, seu sangue foi testado novamente. Verificou-se que o colesterol ruim diminuiu significativamente e o colesterol HDL bom aumentou em 33%.

Além disso, a cúrcuma fortalece os vasos sanguíneos e ajuda a prevenir a agregação plaquetária. Com esta tripla ação, a cúrcuma ajuda a prevenir doenças cardiovasculares.

 

6. A cúrcuma ajuda a digestão

A cúrcuma facilita a digestão dos alimentos pelo corpo. Se você sofre de problemas digestivos, a cúrcuma pode ajudar.

A curcumina desempenha um papel importante na prevenção e cura de úlceras estomacais e suporta a função hepática deficiente.

Estudos em animais mostram que a curcumina pode reduzir o risco de danos ao fígado. Os ratos que também receberam curcumina na dieta tiveram menos probabilidade de sofrer de doença hepática do que os ratos que não receberam.

Na Alemanha, o açafrão já é usado como remédio natural para curar problemas digestivos.

 

7. A cúrcuma tem um efeito desintoxicante

A cúrcuma é usada em quase todos os programas de desintoxicação. E isso não é sem razão. Seu fígado é o órgão mais importante quando se trata de desintoxicação (desintoxicação).

Estudos em humanos mostram que o pó de açafrão fermentado melhora a função hepática. A cúrcuma, portanto, garante que seu fígado possa fazer melhor seu trabalho desintoxicante.

 

8. A cúrcuma pode melhorar a memória

A cúrcuma pode fazer seu cérebro funcionar melhor e melhorar sua memória. Isso ocorre porque a cúrcuma aumenta a substância BNDF, um tipo de hormônio do crescimento para o cérebro.

Pesquisas em ratos mostram que a curcumina promove a memória espacial. Os ratos que receberam curcumina foram significativamente melhores na resolução de quebra-cabeças espaciais do que os ratos que não receberam.

 

9. A cúrcuma pode prevenir o ataque cardíaco

O açafrão é bom para o coração. Acontece que a cúrcuma contém substâncias que podem ter um efeito positivo no coração e nos vasos sanguíneos.

Em um estudo com 121 pessoas que foram submetidas a cirurgia cardíaca, os participantes receberam 4 gramas de curcumina ou um placebo alguns dias antes da cirurgia. Os participantes que receberam curcumina eram 65% menos propensos a ter um ataque cardíaco no hospital.

Portanto, pode ser uma boa idéia adicionar cúrcuma à sua dieta se você reconhecer muitos fatores de risco para doenças cardiovasculares em você mesmo.

 

10. Cúrcuma ajuda contra sentimentos de depressão

Um artigo recente de 2017 analisou todas as pesquisas feitas sobre cúrcuma e depressão. Esta meta-análise mostra que a substância curcumina é realmente um remédio natural seguro e eficaz para reduzir a sensação de depressão.

A curcumina pode reduzir os sintomas da depressão, por si só ou em combinação com outras ervas.

Um achado muito interessante é que a curcumina pode aumentar o efeito dos antidepressivos: os medicamentos contra a depressão funcionam melhor quando a curcumina é adicionada [20].

Conclusão: A cúrcuma pode reduzir a sensação de depressão e fazer com que os medicamentos para a depressão funcionem melhor.

 

11. Cúrcuma é anti-envelhecimento

O mesmo efeito que os antioxidantes têm na prevenção do câncer, também têm na prevenção do envelhecimento.

O envelhecimento é o resultado visível das células danificadas. Os antioxidantes absorvem os efeitos nocivos dos radicais livres e toxinas, evitando que as células sejam danificadas.

A pesquisa mostra que a cúrcuma é um antioxidante anti-envelhecimento, mas também aumenta os antioxidantes em seu corpo para fazer seu trabalho melhor. A cúrcuma, por exemplo, é duplamente eficaz no combate ao envelhecimento. Tanto no interior como no exterior do seu corpo!

 

Avisos

Uma colher de chá de açafrão é uma quantidade diária saudável. A cúrcuma tem um efeito moderado de diluição do sangue e pode, portanto, influenciar o efeito de certos medicamentos, como a aspirina. Se você estiver tomando anticoagulantes, é aconselhável consultar um médico sobre a melhor forma de combinar o açafrão com sua medicação.

Também recomendamos que mulheres em tratamento de câncer de mama não tomem suplemento de açafrão.

Fique tranquilo: com o uso normal, o açafrão é saudável. Respeite a quantidade nas receitas ou nas bulas de cápsulas de açafrão. Então você não precisa se preocupar com quaisquer efeitos colaterais

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

pt_PTPortuguês